Notícias

A Universidade Rovuma é uma grande escola e referência

A Universidade Rovuma é uma grande escola e referência

PREPARATIVOS DE HIGIENIZAÇÃO RUMO À RETOMA DAS AULAS

A Magnífica Reitora da Universidade Lúrio (UniLúrio), Prof. Doutora Leda Hugo, considera que a Universidade Rovuma (UniRovuma) é uma grande escola e referência que deve ser seguida por outras instituições de ensino, no que tange aos preparativos e práticas de higienização rumo à retoma das aulas presenciais na próxima semana.

 

Leda Hugo falava, na tarde desta Terça-feira, 25, no termo da sua curta visita ao Campus Universitário da UniRovuma, em Napipine, visando inteirar-se de como esta instituição superior estava a preparar-se para o reinício das atividades lectivas presenciais.

O governo moçambicano decidiu afrouxar algumas medidas de prevenção de contaminação massiva da Covid-19, orientando as Instituições de Ensino Superior a retomarem as aulas presenciais, de forma faseada, a partir de 18 de Agosto passado.

A retoma é efectuada depois de cumpridos, escrupulosamente, alguns requisitos plasmados no protocolo sanitário, designadamente, a disponibilidade de estações de lavagem das mãos, produtos desinfectantes, a redução de estudantes em salas de aulas e o respectivo distanciamento, o uso de máscaras, entre outros.

Após percorrer as instalações e o átrio do Campus Universitário de Napipine, incluindo algumas salas de aulas, a biblioteca e casas de banhos de estudantes, a reitora da UniLúrio mostrou-se visivelmente satisfeita com o que presenciou.

Numa curta conversa com o Boletim Informativo – Masu a Asomi, a Prof. Leda Hugo disse que o nível de preparação que acabara de presenciar no Campus de Napipine era extraordinário e uma referência para outras instituições de ensino.

Estou muito impressionada com o que vi em termos de boas práticas de higienização da UniRovuma e sensibilizada com a sua visão e iniciativas dos seus colaboradores, as quais se conformam com os requisitos exigidos pelo protocolo sanitário para o reinício das aulas, acrescentou a Prof. Leda Hugo.

Para além de visitas a espaços previamente indicados, a Magnífica Reitora da UniLúrio teve a oportunidade de apreciar dispensadores a baixo custo desenhados e produzidos pela equipa do MA. Artur Senhor, um docente da UniRovuma ligado à área de Educação Visual. Estes dispensadores foram produzidos por iniciativa do docente, num esforço encorajado pelo Prof. Mário Jorge Brito dos Santos, o qual garantiu o apoio da Universidade a iniciativas de género porque elas vão beneficiar a toda comunidade académica e àqueles que quiserem tê-los nas suas casas.

Leda Hugo foi nomeada, recentemente, para reitora da Universidade Lúrio, em substituição do Prof. Doutor Francisco Noa. Antes da sua indicação para dirigir esta Instituição de Ensino Superior, ela era vice-ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional.


 

UniRovuma discute cursos a introduzir no Ano Lectivo de 2021

UniRovuma discute cursos a introduzir no Ano Lectivo de 2021

A Universidade Rovuma (UniRovuma) iniciou, esta semana, no Campus Universitário de Napipine, a discussão de um leque de novos cursos que poderá introduzir no Ano Lectivo de 2021.

A reunião foi orientada pelo Magnífico Reitor da instituição, Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos, assistida pela Vice-reitora, Prof. Doutora Sarifa Fagilde, diretores de faculdades, chefes de departamentos, entre outros responsáveis académicos e administrativos.

Inicialmente, segundo explicou o Prof. Brito dos Santos, as faculdades tinham arrolado 28 cursos de diferentes áreas de conhecimento, mas, nesta ocasião seriam discutidos apenas 12, podendo alguns ser excluídos, dependendo das discussões que se iriam desenrolar nas próximas etapas.

Para os cursos propostos, cada Faculdade obedeceu a alguns critérios definidos, nomeadamente, as motivações que levaram a escolhas dos mesmos, a sua relevância, o seu enquadramento tendo em conta o perfil institucional, o nível mais ajustado cada um deles, as suas cadeiras troncos e possíveis ramificações.

Dentre os cursos propostos figuram os da licenciatura em Comércio Agrário, em Contabilidade, Fiscalidade e Auditoria, Engenharia de Petróleo e Gás, Gestão Desportiva, História Política e Estudos Africanos, Produção e Sanidade Animal, Tecnologia e Segurança Alimentar, História, Química e Gestão de Transporte e Logística e Gestão Bancária e Seguros.

Para o nível de Mestrado foi proposto o curso de História Política e Estudos Africanos.

As chamadas de atenção do reitor

Após uma breve contextualização sobre a reunião do Conselho de Direcção, alargada aos quadros supramencionados, o Prof. Brito dos Santos chamou a atenção, de forma insistente, para que a discussão fosse mais profunda em defesa lógica das razões que levaram as faculdades a proporem determinados cursos.

É nesse contexto que o reitor pediu que os fundamentos e argumentos fossem apresentados pelos docentes e especialistas proponentes, para que, no futuro, a UniRovuma não caia no descrédito pela reprovação de um curso específico na fase de sua pré – acreditação.

Ao escolhermos os cursos a introduzir no próximo ano, temos que ter em conta se os mesmos estão alinhados com o perfil da nossa Universidade, alertou Brito dos Santos, acrescentando que não fica bem aprovarmos cursos de que não temos condições para implementá-los.

Ele reiterou a necessidade para a UniRovuma preparar-se melhor nesta matéria com vista a evitar problemas no futuro, mormente aos relacionados com a pré-acreditação dos cursos, pois o que queremos é evitar gastar mais dinheiro no processo de pré-acreditação.

Para o reitor da UniRovuma, o que deve ser preocupação de todos é encontrar cursos que tenham ao que academicamente se chama de tronco comum, facto que, entre várias vantagens, vai permitir a melhor gestão dos próprios docentes.

Aproveitemos este espaço para melhor discutirmos estes assuntos sérios, que tocam a vida e o futuro da nossa Universidade, para que amanhã não saiamos envergonhados por rejeição dos nossos cursos por quem de direito, assinalou Dos Santos.

Comandante Geral da PRM oferece livros à UniRovuma

Comandante Geral da PRM oferece livros à UniRovuma

O Comandante Geral da Polícia, General Bernardino Rafael, ofereceu mais de 60 livros da sua obra primeira obra publicada em 2017 e que relata as suas memórias durante pouco mais de 40 anos ao serviço da Polícia da República de Moçambique (PRM).

A oferta dos livros foi feita ao Magnífico Reitor da UniRovuma, Prof. Doutor Mário Brito dos Santos, depois de um encontro amigável realizado, recentemente, na cidade de Pemba, na província de Cabo Delgado, onde o comandante passa grande parte do seu tempo a trabalhar, nos últimos dias, devido aos ataques armados levados a cabo por grupos terroristas.

Fazendo entrega aos responsáveis da Biblioteca do Campus Universitário de Napipine, Brito dos Santos explicou que Bernardino Rafael foi afável em aceitar estabelecer contactos permanentes com a Universidade, para abordar diversos assuntos relacionados com as duas instituições.

O reitor disse ter manifestado a Rafael total abertura da UniRovuma, podendo a instituição convidar-lhe, a breve trecho, a deslocar-se à Nampula para contactos com académicos, docentes, estudantes e o público em geral, focados à realidade vivida, actualmente, no País.

O Comandante Geral da Polícia é mais uma entidade com a qual podemos contar nos nossos relacionamentos institucionais e devemos, desde já, estabelecer contactos com ele para consolidarmos esta manifesta vontade de colaboração mútua e vantajosa, assinalou o Prof. Brito.

Com 266 páginas distribuídas por nove capítulos, e o título genérico As marcas de um crime que nunca se apagam das memórias, o General Rafael relata as suas vivências desde que ingressou na corporação em 1978.

Ele narra os aspectos que mais lhe marcaram, tanto em termos sociais como de trabalho, desde a província de Gaza, onde trabalhou por muito tempo ocupando diversos cargos na corporação, passando pela cidade de Maputo, até Guiné Bissau, no âmbito da Missão de Paz das Nações Unidas, de 2010 a 2012.

A obra é prefaciada pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, que a qualifica de excepcional, com episódios inéditos, de um polícia que atingiu o topo da carreira a 26 de Outubro de 2017, quando lhe nomeou Comandante-Geral da PR.

Nyusi considera que o escritor em ascensão percorre as esquadras, os bairros, as ruas, as estradas e atravessa fronteiras da Pérola do Índico, na tentativa de descobrir o antídoto do crime, numa marcha que lhe custou quatro décadas de fardamento.

O PR acrescenta que os episódios e casos reais e autênticos narrados na obra são dignos de futuros estudos multidisciplinares, dos quais a ciência e a sociedade podem beneficiar abundantemente.

Para a diretora dos Serviços de Documentação e Informação da UniRovuma, Prof. Doutora Ermelinda Mapasse, o livro pode servir de referência na Faculdade de Letras e Ciências Sociais, pois o mesmo abarca diferentes aspectos da vivência humana, como sociológicos, psicológicos, históricos e de direito.

O mesmo, segundo a Profa. Mapasse, será distribuído às Extensões e Centros de Recursos da UniRovuma.

Masu a Asomi - Boletim Informativo com existência legal desde Junho

Masu a Asomi - Boletim Informativo com existência legal desde Junho

Masu a Asomi – Boletim Informativo da Universidade Rovuma (UniRovuma) já tem existência legal desde Junho último, depois do seu registo e licenciamento da sua marca, feitos, respectivamente, no Gabinete de Informação (GABINFO) e no Instituto de Propriedade Industrial (IPI).

 

Este é o resultado do compromisso assumido pelo Gabinete de Comunicação e Cooperação, produtor da publicação, em criar e estabelecer todas plataformas possíveis para divulgação das actividades académicas, científicas, sociais e outras, desenvolvidas por esta jovem Universidade.

O registo do boletim resulta em observância à Lei de Imprensa, a qual obriga a todas publicações, quer jornais, quer revistas e outras, a legalizarem a sua existência, sob pena de incorrerem em sanções estabelecidas por esse pacote jurídico. E nós cumprimos com essa obrigatoriedade!

O lançamento da primeira edição do boletim não foi fácil. A equipa do GCC pretendia que a impressão do primeiro número coincidisse com a realização da primeira das cinco aulas de sapiência programadas para a abertura oficial do Ano Académico 2020.

A aula tinha sido marcada para 16 de Março, uma Segunda-feira, e seria ministrada pelo Doutor Omar Mithá, um destacado economista moçambicano e, actualmente, assessor do Presidente da República, Filipe Nyusi.

Selecionamos os textos publicados no sítio institucional e produzimos outros, incluindo o que constituiu o artigo de capa da primeira edição, o qual anunciava a realização das aulas em todas unidades orgânicas da UniRovuma e os respectivos oradores.

Era pretensão do GCC imprimir o boletim e deixá-lo, às primeiras horas da manhã, na mesa do Presidium e nas cadeiras dos diretores de faculdades, seus adjuntos e outros dirigentes universitários.

Na semana que antecedeu a prevista aula inaugural, a “batalha” assentava na produção do layout do boletim, luta que se estendeu até Sábado, 14, mas a intervenção do Magnífico Reitor foi preponderante, na medida em que, no mesmo dia, conseguiu-se idealizar-se e fazer-se o design.

O anúncio feito pelo PR na noite do mesmo dia, 14, sobre a suspensão de todas actividades que concentrassem o maior número de pessoas em razão da pandemia de Covid-19, deitou a baixo todo um esforço feito por esta equipa. Mas, tal não foi o fim; mesmo assim, o primeiro número saiu a público, embora não no dia previsto.

 

Comprometemo-nos a prosseguir, inovando o boletim e melhorando-o, publicando informação diversificada sobre actividades desenvolvidas pela instituição e artigos científicos, de análise e de opiniões produzidos pelos nossos colaboradores. Estamos a pensar, até, que a periodicidade seja quinzenal, logo que as condições o permitirem.

Neste sentido, agradecemos, devotamente, os docentes que nos têm enviado seus artigos e estendemos o nosso convite aos outros, tanto internos quanto externos, estudantes e funcionários técnicos desta instituição.

 Regozijam-nos as menções gratificantes que nos chegam de quadros dirigentes deste País, ministros, deputados, governadores, diretores, ainda, do exterior, principalmente do Brasil e Portugal, e esse facto dá-nos mais forças para continuarmos até onde for possível, sempre com a missão de consolidar e expandir a nossa jovem Universidade.

O Editor

COMUNICAÇÃO DO MAGNIFICO REITOR À COMUNIDADE DA UNIROVUMA NO CONTEXTO DO REINICIO DAS AULAS

COMUNICAÇÃO DO MAGNIFICO REITOR À COMUNIDADE DA UNIROVUMA NO CONTEXTO DO REINICIO DAS AULAS

O ano de 2020 iniciou com uma situação que surpreendeu a todos e tem sido um ano tremendamente desafiador para todos nós! Um ano muito particular, um ano de medos, angústias, incertezas constantes e de desafios permanentes.

O presente ano mostrou que o conceito de adaptação é relevante em todos aspectos. A adaptação de docentes e estudantes a novas formas de ensino, de novos métodos e exigências de trabalho a funcionários, de novas aprendizagens e responsabilizações comportamentais pessoais e sociais.

Paulatinamente, temos aprendido a viver num mundo onde o conceito de espaços públicos assume um novo normal. Os nossos recintos, mesmo sendo espaçosos, têm se tornado pequenos e com pouca capacidade de nos albergar.

Sociabilizações quotidianas que, abruptamente, se romperam; famílias que perderam a organização, quando não o próprio sustento! Uma sociedade que se amofina e interroga, uma economia que, uma vez mais, se desmorona!  Jovens que se inquietam, adultos que desanimam, idosos que se conformam! Por todo o lado gente que teme, mas que se quer abraçar!

Mas, este é também o tempo em que devemos voltar as aulas. A partir de 18 de Agosto iniciou a primeira fase do relaxamento das medidas do Estado de Emergência decretadas através do Decreto Presidencial nº. 23/2020, de 05 de Agosto.

A incerteza ainda prevalece e por isso como tem sido amplamente divulgado, temos estado a trabalhar em vários cenários de organização de horários e de salas, visando assegurar a materialização do processo de ensino-aprendizagem e de investigação, com os olhos postos no cumprimento das recomendações das autoridades sanitárias. 

No contexto deste reinício das aulas, iremos disponibilizar a toda a Comunidade Universitária um novo Plano de Contingência que esperamos que seja obedecido na íntegra.

Em nome da Universidade Rovuma (UniRovuma) agradeço e apelo à compreensão e colaboração de todos e desejo bom reinício das aulas!

CUIDEM-SE E ESTEJAM SEGUROS!!!

Com amizade!

UNIROVUMA

QUALIDADE, EXCELÊNCIA, REFERÊNCIA!

CONTACTE-NOS

Endereço:

Reitoria
Avenida Josina Machel nº 256
Caixa Postal 544
E-mail: secretariageral@unirovuma.ac.mz
Nampula-Moçambique
Campus Universitário de Napipine
Bairro de Napipine – Cidade de Nampula

Extensão do Niassa
Campus Universitário – Bairro de Nangala
Telefax: 27121520
Caixa Postal no. 04
Cidade de Lichinga
E-mail: urniassa@unirovuma.ac.mz

Extensão de Cabo Delgado
Campus Universitário de Ncoripo
Cidade de Montepuez
Caixa Postal no. 04
E-mail: unirovuma-cd@unirovuma.ac.mz
Tel. 20030181- Montepuez