UNIROVUMA APROVA ADENDA AO QUADRO CURRICULAR PARA A PÓS-GRADUAÇÃO

O Conselho Académico da Universidade Rovuma (CAUR) aprovou, ao princípio da tarde de hoje, a adenda ao quadro curricular para a pós-graduação, documento que será submetido ao Conselho Universitário (COUR) para a respectiva chancela.
 
O documento foi aprovado no decorrer da II Sessão Ordinária deste órgão académico, o qual se reúne, estatutariamente, duas vezes por ano, preparando importantes instrumentos académicos legais para submeter ao Conselho Universitário, órgão decisório da UniRovuma.
 
A adenda ao quadro curricular para a pós-graduação abarca o Mestrado Profissionalizante (MP) e o Doutoramento por Pesquisa (DP), áreas de conhecimento considerados pelo presidente do órgão, Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos, como “importantes” para o desenvolvimento académico da UniRovuma.
 
Caso este quadro seja aprovado pelo COUR, a UniRovuma será uma das poucas instituições de ensino superior no País a introduzir no seu leque de cursos o Doutoramento por Pesquisa, facto que abre espaço para a universidade caminhar para rumos mais ousados.
“Por isso, temos que ser rigorosos, atenciosos e paradigmáticos ao discutirmos os curricula do Mestrado Profissionalizante e Doutoramento por Pesquisa para não serem devolvidos pelo Conselho Universitário”, precisou o Prof. Brito dos Santos, igualmente reitor desta instituição de ensino superior.
 
O documento ora aprovado conceitua o Doutoramento por Pesquisa como a modalidade de doutoramento na qual não há a obrigatoriedade de realização, pelo doutorando, de disciplinas ou módulos dirigidos à formação, integrando, apenas, a elaboração da tese e a respectiva defesa.
 
O Mestrado Profissionalizante é a designação dos cursos de mestrado que enfatizam estudos e técnicas de alto nível de qualificação profissional, sendo menos teórico que o académico e voltado para o mercado de trabalho.
 
A II Sessão do Conselho Académico propõe-se a discutir propostas curriculares de licenciatura em Serviço Social e Educação Comunitária, dos mestrados em Ordenamento do Território e Planeamento Ambiental, em Ciências e Inovação Tecnológica, em Química de Produtos Naturais Bioativos, em Direito, em Formação de Formadores de Professores Primários.
 
Apreciará, igualmente, os doutoramentos em Ciências de Educação, em Psicologia, em Políticas Públicas e Desenvolvimento e em Planeamento Territorial e Desenvolvimento Sócio Ambiental.

Imprimir   Email