brevemente

brevemente

VISÃO

A Universidade Rovuma pretende ser uma instituição de ensino superior de qualidade e excelência no processo de ensino e aprendizagem e nos serviços de pesquisa e extensão a nível nacional, regional e internacional.

MISSÃO

A Universidade Rovuma tem como missão formar técnicos superiores com qualidade de modo a que contribuam de forma criativa para um desenvolvimento económico sociocultural sustentável.

VALORES

Excelência Académica | Cultura Académica | Liberdade de Pensamento e de expressão | Autonomia | Internacionalização | Humanismo e Integridade | Igualdade e Equidade | Reforço da cidadania, do patriotismo, da consciência cívica e ética | Laicidade | Inserção comunitária | Inovação e criatividade

visualização: 320

UniRovuma elege Conselho Universitário

A Universidade Rovuma (UniRovuma) deu importante passo para o seu funcionamento, ao eleger hoje, na Cidade de Nampula, o Conselho Universitário (COUR), órgão deliberativo e estatuído no artigo 39 do decreto ministerial 7/2019, de 18 de Fevereiro, que esta instituição de ensino superior.

A eleição do Conselho Universitário e a consequente tomada de posse dos respectivos membros ocorreu na 1ª. Sessão deste órgão deliberativo e, segundo o respectivo reitor, Prof. Doutor Mário Jorge Brito dos Santos, constitui um “enorme desafio” dos eleitos rumo a tornar a UniRovuma robusta e que responda as expectativas dos moçambicanos, principalmente os das áreas abrangidas pela instituição, nomeadamente, Nampula, Niassa e Cabo Delgado.

Falando depois da tomada de posse dos membros presentes, Brito do Santos acrescentou que a constituição do COUR significa, não somente para os eleitos como também para toda a comunidade universitária, uma grande responsabilidade e um valor acrescido por a universidade localizar-se na região norte do país, dispor de poucos quadros e recursos escassos.

“Por causa destas carências e outras, pedimos que em conjunto redobremos esforços para que consigamos alcançar os objectivos a que nos propomos, dentro daquilo que pretendemos que seja a nossa missão e perfil”, adiantou o Prof. Brito dos Santos.

Por força dos estatutos da UniRovuma, fazem para do Conselho Universitário 19 membros, sendo assim distribuídos: reitor e vice-reitora da UniRovuma, quatro membros de governos das três províncias, quatro personalidades externas à instituição, dois da chamada sociedade civil, três representantes de docentes, dois de estudantes e um do Corpo Técnico Administrativo (CTA).   

Depois da escolha e tomada de posse dos membros do COUR seguir-se-á, ao longo do dia de hoje (Terça-feira) a discussão e aprovação de importantes documentos que vão regular o funcionamento da universidade, designadamente, o regimento interno, o quadro de pessoal e as unidades orgânicas.

Por outro lado, a sessão de ontem culminou, ainda, com a eleição do presidente deste órgão, tendo a escolha recaído, entre as quatro personalidades externas à UniRovuma, em Príncipe Lino Uataia, actual director provincial do Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE), instituição que supervisiona, tecnicamente, os processos eleitorais em Moçambique.

Na sua curta intervenção após tomar posse, Uataia afirmou ser imperioso que reconheçamos que ninguém faz as coisas sozinho, “daí que peça, desde já, o vosso apoio e colaboração”.

Príncipe Uataia será coadjuvado por um secretariado composto por quatro pessoas, todas da reitoria, nomeadamente, Maria Otília Ferreira, Albino Oreste, João Bonifácio e Aurélio Bernardo.

Vasco da Gama